21 de jul de 2011

Os Anjos Cap. 2

...Parece mentira, mas de repente me encho de coragem, coragem essa que nunca havia sentido antes. Nao compreendo, eu prejudiquei tanta gente e passei por cima daqueles que me deram a mão e me ajudaram quando eu mais precisei, eu que fui um crapula com todos, trai varias mulheres, vivia de luxuria agora ser ajudado um anjo tao poderoso a recuperar minha doce menina?
Miguel ouve meus pensamentos: -Nao se preocupe se estou aqui é por que voce merece, e meu pai tem um plano novo para sua vida. O primeiro passo para sua mudanca sera recuperarmos sua filha mas para isso voce ter a que fazer alguns sacrificios. Eu no mesmo instante digo que aceito.
Sinto meu corpo levitar junto a Miguel. ate acho estranho, mas ja nao duvido de mais nada. Sinto que Miguel e eu viajamos entre o tempo e espaco e me sinto perdido. De repente ao longe vejo um homem sorrindete entre mulheres, carros e muita luxuria. Ele parece feliz. Miguel me diz que ficaremos ate a noite o observando.
Nao dava para saber quem ele era. De repente anoitece Miguel e eu estamos nos aproximando do homem. Mas agora ele chora olhando para uma foto em sua mao. Parece sozinho, solitario e sem amigos. Nao pode ser o mesmo homem que havia visto mais cedo. Como ele pode estar triste cercado de tanta riqueza e tantos carros e mulheres? Chegamos mais perto ele aparenta ter 50 anos. Agora mais perto vejo as lagrimas descendo de seu rosto e sinto uma angustia que me corroi. Aquele homem parece ja nao ter mais motivos para viver, olha a janela tudo aquilo é seu ele diz, e prossegue dizendo que ja nao tem o que mais ama.
Ele esta de costas e quando ele se vira me surpreendo, aquele é meu rosto, aquele So pode ser eu! Pergunto a Miguel o que esta havendo e ele diz: - este é voce daqui a algumas decadas, voce multiplicara sua fortuna por 10000 vezes voce tera poder em todas as decisoes mundiais e tera poder sufiente para dominar o mundo, mas nao terá o que voce mais ama! Esta estara com o ceifeiro maldito que arrancou ela de voce.
- chegou a hora de seu primeiro sacrificio
Sua vida foi sempre regada a fornicacao e luxuria, uma arte condenada por meu pai, deixa todas mulheres ja conquistou e torne-se fiel a uma delas, aquela que voce escolheu para ser sua esposa.
e assim estará se encaminhando nao apenas ao encontro de sua filha, mas ao encontro do pai.
Aquela noticia caiu como uma bomba. Eu sempre fui um grande conquistador de mulheres e sempre me orgulhei disso. As mulheres sempre estavam aos meus pes e deixar toda essa luxuria de um vez. Sera que isso iria mesmo resultar em meu encontro com minha filha? A duvida toma conta de mim. Miguel me fala -Se tens duvidas podemos parar aqui mesmo mas quero que voce decida antes que saiba seu fim. La embaixo na sala o homem abre a gaveta e pega uma arma. Poe sobre o ouvido e ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário