21 de jul de 2011

O que sou ou serei

Você me pergunta quem sou e o que espero para meu futuro.
Bem, sou apenas mais poeta iludido pela beleza da vida e pelo prazer de amar e se arrepender por isso.
Sou aquele pássaro voando e fugindo no inverno.
Sou aquele beija-flor, que beija varias flores diferentes mas nunca encontra sua morada.
Sou um nômade, de terras em terras em busca de onde mora a felicidade.
Então quando você me pergunta quem sou, eu te respondo: ninguem, apenas mais um que passará por sua vida.
Algo que jamais conseguiria te responder é que serei daqui pra frente. pois, Acho que sou nada e do nada coisa nenhuma surge.
Meu destino pode ser o de um fuzileiro; que defende sua pátria. entretanto, mata inocentes em nome dela.
Pode ser o de um advogado; que defende pessoas inocentes das injusticas. mas, poe nas ruas um alguem que matou criancas e mulheres indefesas.
Pode ser de um presidente que unifica a nacão. entretanto, distorce informacoes pra sair sempre impecável.
Pode ser de um policial rodoviario; que preza pela vida no transito. mas, multa aqueles pais de familia cheio de problemas.

Não sei quem serei. Mas quando for; quero ser pelo menos metade daquilo que eu considero correto e justo e por que nao dizer: ético.

Nenhum comentário:

Postar um comentário