29 de abr de 2011

Robo programado

Quando nasci fui programado a ser cego, surdo e mudo.

Cego, pra nao ver os problemas sociais que se passam ao meu redor. os crimes ocasionados muitas vezes pela falta de justiça ou mesmo pela impunidade.
Cego tambem, pra nao ver uma corja de bandidos se passando por politicos e afundando ainda mais um país com uma natureza tão rica e conflitante

Surdo, pra nao ouvir uma humanidade que clama por justiça e paz.
surdo pra nao ouvir as maes de vitimas das drogas. jovens mortos por motivos banais por alguem que ninguem nem ao menos sabe o nome.
Surdo pra nao ouvir o planeta chorar e clamar por cuidado urgente. Pedindo para que parem com as queimadas, lixo indevido e com gases poluentes.
surdo o bastante pra nao ouvir o pranto das esposas dos valentes homens que vão pra guerra lutar por ideias que nao sao suas e muitas vezes nao acreditam.

E mudo pra que permaneça calado pras desigualdades sociais, pobreza e violencia.
mudo para que nao diga o quanto as pessoas sofrem com uma ruptura social ocasionada pelo preconceito e o narcisismo.

Mudo para que jamais diga que homossexuais e heterossexuais sao iguais.
mudo para que jamais questione a segregação racial.
Mudo para nao questionar os desvios de verbas das pessoas que se dizem politicos.
mudo pra jamais dizer que amo e nao sou correspondido e o quanto issso me doi.
Mudo pra mim nunca ir contra os tabus e contra as regras impostas pela corrupta sociedade em que vivo.
Eu o Robô programado convido vc a fundar - mos a partir de hoje uma nova era! um mundo feito de paz e harmonia. um mundo que talvez nao mais acreditemos mas podemos torna-lo real! vamos! una-se a nos!
   vamos salvar a humanidade!                                                                                               

Um comentário: