7 de mar de 2012

Vale a pena uma reconciliação?


Ouço passos na escada, vejo a porta de meu quarto abrir. É minha amada que veio ao meu encontro. Seu olhar no meu, um clima estridente de paixão e tensão paira no ar. Caminhamos um ao encontro do outro e nesse momento passam em minha mente todos os nossos abraços, caricias, beijos, noites de luar na praia. A paixão toma conta de mim. Aquela com certeza é a mulher mais bela e perfeita de todo o mundo. Após tantos bons momentos vividos e lembrados, me vêm a mente as lembranças de nossas brigas, xingamentos, traições e de tudo aquilo que causou nosso afastamento. Então eu me pergunto se vale à pena uma reconciliação, arriscar viver tudo isso de novo; o amor contradito pelo ódio, os beijos contraditos pelas brigas. Meu corpo pára, sinto que ela pára também. Não me lembro de ter vivido outro momento de tanta dúvida assim. Logo lembro nosso primeiro beijo ainda no colegial. O que parecia um momento sem importância acabou se tornando um sentimento tão arrebatador e carcéreo que me prendeu e me avassalou até voltar- mos a nos encontrar. Esse sentimento que nos uniu também nos separou, e após refletir tudo isso em frações de segundos, ainda me pergunto: valer a pena uma reconciliação?

Nenhum comentário:

Postar um comentário