24 de nov de 2011

Saudade

Que saudade sinto
das noites junto a ti
de tuas juras de amor
que juravas a mim

Ainda lembro do dia
que foi nossa primeira vez
eu, voce unidos
com a lua formamos tres

Nossos beijos quentes
e as tardes ao por do sol
eu estava preso a ti
como o peixe ao anzol

Aonde está você agora?
que eu não consigo ver mais
te peço volta pra mim
e minha sede satisfaz


Nenhum comentário:

Postar um comentário